Exposição de Neusa Sobrinho Amtsfeld

Neusa Sobrinho Amtsfeld

Sempre à procura de espaços desconhecidos, Neusa Sobrinho Amstfeld viaja pela França, Espanha e Itália, onde os mais importantes impulsos lhe foram ministrados pelos professores M. Delreux, S. Grego e N.Velasques.

Mas foi na Macedónia, ao participar na Colónia Internacional de Artes Visuais, a convite da Unisono (Bolsa Internacional da Cultura), em 2006, no Centro Cultural Anton Panov de Strumica que conhece e trabalha com grandes artistas. Entre eles, destacam-se Zoya Minerva (pintora e dramaturga), Pavel Vasilev (escultor, cujo nome assina obras requisitadas pelo Presidente Putin e por outras entidades de Estado, e que se encontram em edifícios e jardins públicos) e o pintor, e professor na Faculdade de Belas-Artes de Skopie, Zarko Jakimovski.

Fascinada pelo trabalho deles, visitou-os nos seus ateliers. Os trabalhos de Neusa têm sido apresentados em vários países onde recebeu prémios especiais, obtendo sucesso, cujas críticas nos testemunham positivamente as suas obras.

Neusa Sobrinho Amtsfeld viveu e trabalhou na Alemanha como artista plástica independente e exerceu docência na Abendakademie em Mannheim e outros Institutos Superiores Estatais. Foi também tradutora simultânea de português, francês, espanhol e alemão.

-

«A ternura das cores, a força silenciosa, a paixão reinam na pintura de Neusa Sobrinho Amtsfeld, mas também a agitação de uma expressiva sensualidade que a caracteriza. Plantas, flores, estrelas, círculos, linhas e formas livres que se penetram e iluminam na reciprocidade de um jogo de cores. O real surge no irreal, o concreto no difuso, o abstracto descreve em imagens a realidade. Fantasia e utopia, luz e obscuridade, aproximação e protecção, frieza e distância, luz e desânimo, definem a procura de uma síntese de sentimentos não terminada.»

Prof. Dr. Foschepoth

-

«A primeira impressão: um mundo fantástico de cores, composições mágicas, querendo-se ver ainda mais além, mal se pode parar. Mas que olhos e que mãos! Obrigado!»

Pascal Mercier, autor, entre outros livros, de «O Comboio Nocturno para Lisboa» e Professor catedrático.

-

«O trabalho de Neusa Sobrinho Amtsfeld é a clareza das cores que determinam a composição das imagens, não obstante a qualidade dos materiais, as invulgares camadas pigmentárias e a janela sempre a ressurgir como se fosse o seu leitmotiv. O motivo da janela, o olhar atrás da fachada da sua própria existência pode-se entender na História da Arte deste país. Neusa Sobrinho Amtsfeld junta este tradicional motivo da janela à melancólica paixão de uma paleta de cores dos países do sul. Além disso, proporciona aos seus quadros, através da espessura das camadas sobre as outras, um carácter de relevo.“

Prof. Dr. Dr. Thomas Sternberg

[O texto não segue o AO/90]